Informativo Digital

Bragança com mais 74 camas para mitigar efeitos da pandemia na região

Além das instalações sanitárias e da climatização existentes no Pavilhão Municipal, a nova unidade de apoio é constituída por 14 enfermarias individuais, oito de seis camas, três de quatro, dois consultórios e uma área de triagem.

4.208

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Município de Bragança preparou o Pavilhão Municipal Arnaldo Pereira para servir como enfermaria de acolhimento para doentes em fase de transição. Com capacidade para 74 utentes, esta solução está pronta a ser utilizada e serve de complemento ao hospital de campanha que o Município já tinha instalado na Unidade Local de Saúde do Nordeste.

Adaptar este equipamento e dotá-lo de condições para acolher doentes Covid-19 em fase de transição, ou doentes não Covid, permite alargar, de uma forma versátil, a capacidade de resposta face à pandemia, para o bem da saúde dos brigantinos e do distrito”, refere Hernâni Dias, Presidente da Câmara Municipal de Bragança, destacando que “apesar de não ter sido construído para o efeito, o Pavilhão servirá de forma competente este nobre propósito, já que ali puderam ser instaladas, graças ao seu amplo espaço interior, várias enfermarias para isolamento de doentes”. O Presidente refere, também, que “esta solução contou com a boa vontade de várias entidades privadas que disponibilizaram diversos materiais a título gratuito, demonstrando grande solidariedade e capacidade de responder positivamente a esta missão comum de mitigar os efeitos da pandemia”.

Além das instalações sanitárias e da climatização existentes no Pavilhão Municipal, a nova unidade de apoio é constituída por 14 enfermarias individuais, oito de seis camas, três de quatro, dois consultórios e uma área de triagem.

Bragança. Pavilhão Municipal Arnaldo Pereira

O espaço encontra-se equipado com 74 camas, cedidas gentilmente pelo Hotel São Lázaro, com as devidas distâncias de segurança entre equipamentos e estruturas modulares para maior privacidade dos doentes que ali possam ser instalados. A enfermaria está, também, equipada com a roupa de cama necessária, com jogos de lençóis e almofadas produzidos propositadamente e a título gratuito pela empresa Piubelle. Foram, ainda, cedidos cobertores e edredons, por parte da Obra Social Padre Miguel e pelo Hotel Classis.

O pavimento do Pavilhão foi coberto com uma tela própria para o efeito e toda a infraestrutura desinfetada, por forma a garantir as melhores condições de utilização.

Recordamos que junto ao Pavilhão Municipal Arnaldo Pereira se encontra instalado um Centro de Testes COVID-19 que permite a realização até 200 testes por semana, com funcionamento às segundas, quartas e sextas. A Unidade Local de Saúde do Nordeste e o hospital de campanha situam-se a 400 metros.

Esta ação insere-se na estratégia adotada pelo Município de Bragança para a prevenção e contenção da propagação do COVID-19, procurando mitigar ao máximo os seus efeitos na sociedade brigantina.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CM Bragança | Lucinda Gamito

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade