Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Autarquia de Macedo estabelece protocolo para criação de cursos na área do Turismo

A cooperação entre o Município, o ISCE e ISCE Douro irá incidir na elaboração de cursos vocacionados para a qualificação dos recursos humanos da autarquia e para a valorização da região, nomeadamente na área do turismo. Ao abrigo do protocolo de cooperação serão ainda desenvolvidos projetos de investigação conjuntos, promovidos encontros científicos e ações de formação, bem como serão disponibilizados recursos e meios documentais e logísticos.

313

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros reforçou a sua aposta na formação superior e na valorização do território e dos recursos humanos com a assinatura de uma parceria com o Instituto Superior de Lisboa e Vale do Tejo (ISCE) e com o Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro (ISCE Douro). “Queremos criar condições para que os macedenses tenham acesso a formação especializada e de qualidade”, explica o presidente da autarquia, Benjamim Rodrigues.

Faz todo o sentido criar este tipo de protocolos e acreditamos que o nosso município só terá a ganhar com eles, pois estamos a trabalhar para valorizar ainda mais o nosso território”, sustenta o presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros.

A cooperação entre o Município, o ISCE e ISCE Douro irá incidir na elaboração de cursos vocacionados para a qualificação dos recursos humanos da autarquia e para a valorização da região, nomeadamente na área do turismo.

Ao abrigo do protocolo de cooperação serão ainda desenvolvidos projetos de investigação conjuntos, promovidos encontros científicos e ações de formação, bem como serão disponibilizados recursos e meios documentais e logísticos. “Haverá ainda o intercâmbio de técnicos e especialistas entre as instituições, numa ação que, acredito, terá grandes vantagens tanto para o Município como para os institutos”, sustenta o autarca macedense.

Pretendemos igualmente potenciar o território do Geopark Terras de Cavaleiros – Geoparque Mundial da UNESCO, com a promoção de visitas de estudo dos estudantes do ISCE/ISCE Douro, bem como a criação de novas propostas que valorizem estas visitas de campo”, admite Benjamim Rodrigues.

O protocolo já se encontra em vigor e, segundo o autarca, “terá uma duração de dois anos, podendo ser revisto anualmente em função dos resultados obtidos”.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa Município de Macedo de Cavaleiros

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade