Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Autarcas da CIM Douro preocupados com a seca severa

A água escasseia nas barragens, as captações secam e os depósitos chegaram a mínimos preocupantes. Portugal atravessa uma situação de seca severa ou extrema, considerada a pior dos últimos 100 anos, a ameaça de falta de água é séria e já está afetar todos os Municípios da Comunidade Intermunicipal do Douro.

540

Publicidade

A seca severa leva a CIMDOURO a reunir de emergência, esta sexta feira, pelas 11h, no Museu do Douro, em Peso da Régua com a presença do Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento, João Paulo Catarino, e do vice-presidente do Conselho Diretivo da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), José Pimenta Machado.

A água escasseia nas barragens, as captações secam e os depósitos chegaram a mínimos preocupantes. Portugal atravessa uma situação de seca severa ou extrema, considerada a pior dos últimos 100 anos, a ameaça de falta de água é séria e já está afetar todos os Municípios da Comunidade Intermunicipal do Douro.

Os Municípios que integram a CIM do Douro estão expectantes quanto às possíveis soluções que possam ser apresentadas nesta reunião de emergência para mitigar a seca severa que se vive nesta região e que tanto preocupa os autarcas e as suas populações.

Esta dramática situação tem levado os Municípios, a adotar medidas excepcionais para poder garantir este bem essencial às populações.

Fazem parte da CIMDOURO os municípios de Alijó, Armamar, Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Lamego, Mesão Frio, Moimenta da Beira, Murça, Penedono, Peso da Régua, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço, Tarouca, Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real.

Publicidade

Fonte desta notícia: CIMDOURO

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade