Informativo Digital do Nordeste Transmontano

Aprovada candidatura para criação do “Centro de Cyclin Portugal – Quadrassal” em Mirandela e Macedo

Está prevista a requalificação de edifícios para serem os centros de apoio, sendo que já estão elaborados os projetos de arquitetura e o cálculo dos orçamentos e medições para a requalificação do edifício da antiga escola primária de Vale de Lobo, freguesia de Cedães, (Centro de Apoio de Mirandela) e dos edifícios de apoio e de instalações sanitárias da antiga estação de comboio de Cortiços (Centro de Apoio de Macedo de Cavaleiros).

0 403

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

Depois de outros exemplos recentes, a Câmara Municipal de Mirandela avançou para mais uma parceria intermunicipal, desta vez com a Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros, com o intuito de apresentar uma candidatura conjunta que tinha como objetivo final a criação do “Centro de Cyclin Portugal – Quadrassal”.

A candidatura foi aprovada e prevê um investimento total de 230 mil euros, distribuído pelos dois Municípios, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Está prevista a requalificação de edifícios para serem os centros de apoio, sendo que já estão elaborados os projetos de arquitetura e o cálculo dos orçamentos e medições para a requalificação do edifício da antiga escola primária de Vale de Lobo, freguesia de Cedães, (Centro de Apoio de Mirandela) e dos edifícios de apoio e de instalações sanitárias da antiga estação de comboio de Cortiços (Centro de Apoio de Macedo de Cavaleiros).

A criação deste “Centro Cyclin Portugal Quadrassal” visa divulgar o potencial turístico dos concelhos de Mirandela e Macedo de Cavaleiros, aproveitar os recursos naturais garantindo a sua conservação e preservação na ótica do desenvolvimento sustentável, permitir a visitação ordenada da área da Rede Natura 2000 (Sítio de Importância Comunitária de Romeu), a possibilidade de se apreciar a beleza paisagística associada à degustação de produtos DOP, articulando-se com a prática de atividades de turismo de natureza, nomeadamente a utilização de bicicleta no âmbito do ciclismo e do turismo ativo, bem como permitir o acesso à prática de atividades desportivas a pessoas com mobilidade reduzida.

As infra-estruturas Cyclin’Portugal representam o esforço de algumas de entidades promotoras que, em conjunto com a Federação Portuguesa de Ciclismo, têm como objetivo promover Portugal como um destino de excelência para a prática do ciclismo de lazer e de turismo.

Atualmente, existem 21 centros Cyclin’ Portugal homologados.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa Minicípio de Mirandela
Comentários
carregar...

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia AceitoPolítica de Privacidade