Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Apresentação do livro “Judeus Portugueses e Cartas de Jogar” de António Júlio Andrade

António Júlio Andrade, o autor, salientou que “ este livro fala sobre os Judeus Portugueses e os jogos das cartas. Atrás dos jogos das cartas escondia-se muito da vida deles, tanto da vida religiosa, da vida cultural, das riquezas e da vida económica. Neste livro damos muita importância aos controladores transmontanos e ao jogo das cartas em Trás-os-Montes e primordialmente em Moncorvo mais do que em outra terra qualquer.”

734

Publicidade

No passado dia 4 de agosto o Centro de Estudos Judaicos Maria da Assunção Carqueja e Adriano Vasco Rodrigues celebrou o primeiro aniversário, com a apresentação do livro “ Judeus Portugueses e Cartas de Jogar” de António Júlio Andrade e Maria Fernanda Guimarães, na Igreja da Misericórdia de Torre de Moncorvo.

Nuno Gonçalves, presidente da câmara municipal de Torre de Moncorvo, referiu que os dois autores “António Júlio Andrade e Maria Fernanda Guimarães dedicaram mais de duas décadas ao estudo do judaísmo e ao estudo da cultura judaica, quer em Torre de Moncorvo, quer no distrito de Bragança.

Apresentação do livro “Judeus Portugueses e Cartas de Jogar” de António Júlio AndradeDepoimentos de Nuno Gonçalves e Júlio Andrade
{{svg_share_icon}}

Não é normal num livro falarmos em casas de jogo, que no fundo são casas de jogo ou azar, o que retrata bem o que era toda a sociedade do final do século XVI e princípio do século XVII, onde o moralismo por parte da dinastia filipina e do Rei D. Filipe da proibição de jogar, mas ao mesmo tempo de taxar essas casas de jogo e essas taxas irem para a coroa. Tudo isto retrata fielmente o que se passava na época e para Torre de Moncorvo é muito importante porque nos identifica as casas de jogos que existiam, três que são identificadas e uma quarta que não é identificada”, explicou Nuno Gonçalves.

António Júlio Andrade, o autor, salientou que “ este livro fala sobre os Judeus Portugueses e os jogos das cartas. Atrás dos jogos das cartas escondia-se muito da vida deles, tanto da vida religiosa, da vida cultural, das riquezas e da vida económica. Neste livro damos muita importância aos controladores transmontanos e ao jogo das cartas em Trás-os-Montes e primordialmente em Moncorvo mais do que em outra terra qualquer.”

De seguida teve lugar no Centro de Estudos Judaicos Maria da Assunção Carqueja e Adriano Vasco Rodrigues uma visita guiada assim como uma breve explicação sobre passeio judaico existente no centro histórico da vila, que tem início no Centro de Estudos Judaicos e termina na casa que a tradição relaciona com a Inquisição.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Torre de Moncorvo

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade