Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Alfândega da Fé vai assinalar Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com iniciativas culturais

o dia de 18 de abril vai ser lançada nas redes sociais uma visita guiada virtual que percorre e une os Roteiros de Arte Urbana e Roteiro da História, numa uma visão abrangente, que vai do passado à modernidade, utilizando a arte como base de liberdade interpretativa.

262

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicidade

Com o tema “Passados complexos: futuros diversos”, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios vai ser assinalado em Alfândega da Fé, a 18 de abril, com iniciativas culturais que se enquadram na temática definida para este ano e que se estendem para lá desta data. Com as tradições e as memórias como pano de fundo, o Município de Alfândega da Fé propõe um programa que liga o passado e o presente, projectando o futuro, num claro convite para que os participantes façam parte desta construção.

No dia de 18 de abril vai ser lançada nas redes sociais uma visita guiada virtual que percorre e une os Roteiros de Arte Urbana e Roteiro da História, numa uma visão abrangente, que vai do passado à modernidade, utilizando a arte como base de liberdade interpretativa.

Exibição do documentário “Pare, escute e olhe” (2009) de Jorge Pelicano, concurso de Fotografia (RE) Viver Tradições e tradições, artesanais, memórias, hábitos, ainda praticadas ou não, porque o objetivo é fazer recordar, (re) viver, dar a conhecer e experienciar algumas das práticas constituem a nossa cultura identitária e que representam o passado, molda o presente e projetam o futuro das gerações.)

O Envio de fotografias é até 16 de maio e as votações são abertas através de “likes” a partir de 18 de maio até 20 de junho. As 3 melhores fotografias serão premiadas.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi instituído em 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS e aprovado pela UNESCO no ano seguinte. A partir de então, esta data comemorativa tem vindo a oferecer a oportunidade de aumentar a consciência pública relativamente à diversidade do património e aos esforços necessários para o proteger e conservar, permitindo, ainda, chamar a atenção para a sua vulnerabilidade.

Representando um momento anual de celebração da diversidade patrimonial, pretende-se que o dia 18 de Abril funcione como um marco comemorativo do património nacional, mas que celebre, também, a solidariedade internacional em torno da salvaguarda e da valorização do património de todo o mundo.

Publicidade

Fonte desta notícia: Nota de Imprensa CM Alfândega da Fé

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade