Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Alfândega da Fé assina Protocolo com o ACM para implementação do Projeto -piloto Integrar Valoriza

O Município de Alfândega da Fé faz parte dos cinquenta e oito municípios do país que integram os projetos-piloto Integrar Valoriza

408

Publicidade

O Município de Alfândega da Fé faz parte dos cinquenta e oito municípios do país que integram os projetos-piloto Integrar Valoriza, criados no âmbito da Resolução do Conselho de Ministros n.º 91/2021, cujo objetivo é reforçar as políticas de integração das pessoas imigrantes, de forma multissectorial, onde se inclui a educação, a saúde, a habitação, a inclusão social, a participação cívica e política e a interculturalidade.

A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alfândega da Fé, Maria Manuel Silva, responsável por esta área, esteve na Cerimónia de Assinatura dos Protocolos com autarquias da região Norte, que se realizou no passado dia 10 de janeiro através de uma plataforma digital. Nesta cerimónia estiveram presentes os representantes das entidades que concorrem para a implementação eficaz destes projetos-piloto, designadamente o Presidente da CCDR-Norte (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte), António Augusto Cunha, a Presidente do Conselho Diretivo do ACM (Alto Comissariado para as Migrações), Sónia Pereira, a Secretária de Estado da Habitação, Marina Gonçalves, a Secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira, um representante do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana e os representantes dos dezasseis municípios da região norte com projetos piloto.

Na cerimónia foi destacado o papel das autarquias na integração de imigrantes e a especial relevância que estas comunidades têm para o desenvolvimento socioeconómico de território com baixa densidade populacional, como é o caso de Alfândega da Fé.

Alfândega Valoriza, foi o nome dado à iniciativa de Alfândega da Fé que pretende dar resposta a problemas relacionados com a educação, a saúde e bem- estar e a participação cívica na comunidade, das famílias e crianças imigrantes, de etnia cigana ou em qualquer situação de especial vulnerabilidade, promovendo a sua integração. Este projeto tem a duração de dois anos, está a ser implementado pela Liga dos Amigos do Centro de Saúde de Alfândega da Fé, em estreita articulação com os serviços sociais e de educação do Município.

Recorde-se que, esta autarquia possui um CLAIM (Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes) desde 2017 e, em articulação com outras entidades, tem desenvolvido várias iniciativas de apoio e integração de minorias étnicas e imigrantes.

Publicidade

Fonte desta notícia: Município de Alfândega da Fé

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade