Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Aero Clube de Bragança lança nova campanha de Batismos de Voo para ajudar vítimas de violência doméstica

Com os Batismos de Voo e Voos Programados Solidários, o Aero Clube de Bragança vai angariar verbas para aquisição de mobiliários e artigos de lar, de primeira necessidade, para apoiar vítimas de violência doméstica a recomeçar uma vida nova afastadas da relação abusiva.

249

Publicidade

O Aero Clube de Bragança (ACB) lança mais uma campanha solidária de angariação de fundos, através de Batismos de Voo e Voos Programados Solidários para angariar verbas para apoiar vítimas de violência doméstica a reconstruir o seu projeto de vida e autonomizar-se num novo lar em Bragança.

A necessidade urgente deste tipo de apoio levou já a Associação de Socorros Mútuos dos Artistas de Bragança (ASMAB), a desenvolver uma Campanha Solidária de Angariação de bens de primeira necessidade: mobiliário, eletrodomésticos, têxteis de lar e artigos de cozinha, para doação às vítimas de violência doméstica e seus filhos menores ou maiores a cargo, integrados no Centro de Acolhimento de Emergência desta instituição.

Neste processo de reconstrução de um projeto de vida afastado da violência, o recomeço pode revestir-se de particular dificuldade sobretudo ao nível do arrendamento de casa, muitas vezes não mobilada, e aquisição de todos os artigos de lar, essenciais para o quotidiano de qualquer família”, esclarece Teresa Fernandes, diretora técnica da ASMAB.

O Centro de Acolhimento de Emergência para vítimas de violência doméstica acolhe mulheres, com os respetivos filhos, oriundas de todo o país, sendo que uma parte significativa destes agregados familiares, depois do período de acolhimento para garantir a sua segurança e proteção, decide recomeçar a sua vida na cidade de Bragança, a partir do zero. “Boa parte destas famílias chegam com a roupa do corpo ou apenas com os seus pertences pessoais”, acrescenta, sublinhando que as dificuldades de reiniciar um projeto de vida são enormes.

Precisam de arranjar trabalho, integrar os filhos nas escolas, pedir médico de família, arrendar uma casa, muitas delas não se encontram mobiladas nem equipadas para além de que sem mobília a renda é mais acessível, daí a necessidade de conseguirmos apoio para aquisição de bens de primeira necessidade como mobiliário, eletrodomésticos, têxteis de lar, utensílios de cozinha, etc.”, refere Teresa Fernandes.

O ACB de Bragança há vários anos que encontrou na realização dos Batismos de Voo uma oportunidade para ajudar, ao mesmo tempo que cria mais uma resposta para a comunidade local, como a possibilidade de realizar um voo de lazer a baixo custo, qualificando a oferta turística local através um produto atrativo como é a possibilidade de um turista poder programar um voo pela região.

O ACB não tens fins lucrativos, pelo que canaliza todas as verbas angariadas para causas sociais que possam fazer a diferença. Com estes voos já foi possível equipar o refeitório da Obra Kolping, adquirir uma carrinha de nove lugares para a União das Instituições de Solidariedade Social do Distrito de Bragança e financiar 12 cursos de socorrismo para os Bombeiros Voluntários de Bragança.

A campanha destinada a apoiar as vítimas de violência doméstica devia arrancar em janeiro de 2022, mas o ACB decidiu avançar de imediato, “porque a ASMAB nos identificou situações urgentes de agregados atualmente acolhidos na sua instituição”, justifica Nuno Fernandes, presidente do ACB.

O Centro de Acolhimento de Emergência de Bragança, em funcionamento desde fevereiro de 2018 já acolheu 94 mulheres e 57 menores, que a única bagagem que trazem é uma pesada carga de dor física e emocional, pela vivência de situações de violência física e psicológica extrema.

Compre um Voucher com um Voo e ofereça esperança

A propósito da quadra natalícia que se aproxima, do espírito solidário que a caracteriza e da troca de prendas habitual no Natal, o ACB decidiu criar Vouchers para que a oferta de um Voo possa ser vista como um presente de Natal.

O procedimento é simples. Quem quiser oferecer um voo a um familiar ou amigo, pode escolher qualquer uma das rotas já criadas pelo ACB, pode pedir uma rota específica e o valor do Voucher é calculado em função do tempo de voo, tendo como referência os voos de 15 minutos com o custo de 30€.

O lucro da venda dos Vouchers reverte na totalidade para as vítimas de violência doméstica que estão a reiniciar o seu projeto de vida na cidade de Bragança, pelo que quem os adquire recebe um comprovativo do valor do donativo, emitido pela ASMAB, com os benefícios fiscais associados.

Para quem recomeça do zero toda a ajuda conta porque uma casa não faz um lar.

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade