Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

AECT Duero-Douro colabora com a associação Vindouro APDF num projeto Erasmus+

O projeto reunirá 36 jovens de cinco países mediterrâneos: Chipre, Espanha, Itália, Grécia e Portugal. Todos eles estarão durante dez dias instalados na localidade de Mogadouro onde terão a oportunidade de aprender e conhecer a realidade de empreendedores e empreendedoras da região.

435

Publicidade

Mostrar à juventude europeia as grandes possibilidades de desenvolvimento económico existentes na zona transfronteiriça de Trás-os-Montes no setor vitivinícola. Com este objetivo, a entidade portuguesa Vindouro – Associação para o Desenvolvimento da Fronteira (APDF) organiza de 6 a 15 de setembro o projeto de intercâmbio juvenil Up2wine ao abrigo do programa Erasmus+.

Um projeto que conta com a colaboração do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Duero-Douro e da Câmara Municipal de Mogadouro. O projeto Erasmus+ é financiado pela Comissão Europeia e gerido pela Agência Nacional Erasmus, no âmbito do programa “Juventude em Ação”.

O projeto reunirá 36 jovens de cinco países mediterrâneos: Chipre, Espanha, Itália, Grécia e Portugal. Todos eles estarão durante dez dias instalados na localidade de Mogadouro onde terão a oportunidade de aprender e conhecer a realidade de empreendedores e empreendedoras da região que apostaram no mundo rural, e que vão partilhar boas práticas, ideias e experiências com os jovens.

Também vão poder assistir a seminários, um deles ministrado pela Escola de Enoturismo de Valladolid; a este ambiente de formação informal acresce o ambiente multicultural onde se potenciam e disseminam os valores do projeto Europeu. Todas as atividades se desenvolvem segundo as medidas estabelecidas pela Direção Geral de Saúde.

Esta iniciativa decorre no contexto do preocupante despovoamento do interior e do mundo rural, o projeto Up2Wine tem como principal objetivo facultar aos jovens conhecimentos técnicos e práticos que possam ser úteis à criação do próprio emprego, em torno dos recursos endógenos do vinho e da vinha, comuns à cultura dos seus países de origem.

Para além das entidades mencionadas anteriormente também colaboram associações parceiras dos vários países de proveniência dos jovens são elas: PlanBe, Plan it Be it (Chipre) VulcanicaMente (Itália) Social Innovation and Regional Development Institution (Grécia), Gal Piceno (Itália) e Euro Maracena (Espanha).

Publicidade

Fonte desta notícia: AECT Duero-Douro

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade