Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

22 anos depois, a Milha passou a Meia Maratona das Cantarinhas

Todas as provas decorrem em percurso citadino circular, de acordo com as diferentes distâncias, com partida/meta na Praça do Município e passagem por alguns dos mais emblemáticos atrativos da cidade, aliando a componente promocional e turística com o desporto, a saúde e o bem-estar.

630

Em Bragança, o atletismo e a tradição andam de mãos dadas. A 1.ª Meia Maratona das Cantarinhas acontece a 8 de maio, com diferentes percursos e distâncias para todas as idades, e resulta da evolução natural de uma prova desportiva: a Milha das Cantarinhas.

Além da estreia da distância de 21 quilómetros, a Meia Maratona das Cantarinhas de Bragança desafia atletas, profissionais e amadores, nas categorias/distâncias de 10km, 5km, corridas jovens (para todos os escalões de formação, com inscrição gratuita) e caminhada.

Todas as provas decorrem em percurso citadino circular, de acordo com as diferentes distâncias, com partida/meta na Praça do Município e passagem por alguns dos mais emblemáticos atrativos da cidade, aliando a componente promocional e turística com o desporto, a saúde e o bem-estar. Os diferentes percursos foram pensados e delineados para que o público, um pouco por toda a cidade, possa assistir a um espetáculo contínuo e ver, ao vivo, alguns dos maiores atletas e equipas nacionais da modalidade.

A Meia Maratona das Cantarinhas tem lugar a 8 de maio, a partir das 09h30, com partida e chegada na Praça do Município, junto ao Forte S. João de Deus – Câmara Municipal de Bragança. As inscrições para a prova, nas suas diferentes modalidades, terminam a 2 de maio e podem ser realizadas online.

A apresentação oficial do evento acontece segunda-feira (4 de abril), na Sala de Atos do Município de Bragança, e conta com a presença de Hernâni Dias, Presidente da Câmara Municipal de Bragança, Carlos Fernandes, Presidente do Ginásio Clube de Bragança, Braima Dabó, atleta guineense que, em 2019, recebeu o prémio ‘Fair Play’ pelo seu desempenho no Campeonato Mundial de Atletismo, do Catar, e Eduardo Bacalhau, atleta paraolímpico. A Meia Maratona das Cantarinhas é um evento desportivo organizado pelo Ginásio Clube de Bragança, sendo promotor do evento o Município de Bragança, no âmbito do Orçamento Participativo Urbano Geral 2020 que, devido à pandemia, apenas reuniu as condições sanitárias necessárias à sua realização em 202.

Correr atrás da tradição:

22 anos depois, a Milha passou a Meia Maratona
Em Bragança, no arranque do ano 2000, a tradição brigantina das Cantarinhas deu o mote – realizar uma prova de atletismo que se tornasse uma referência nacional, para todas as idades.

Surgiu, então, a Milha das Cantarinhas, uma prova integrada no programa da tradicional Feira das Cantarinhas, um dos mais antigos e afamados certames do País.

Criada há 22 anos, esta prova sempre teve como principal desígnio incentivar ao desporto, tanto para miúdos como graúdos, com corridas para os diversos escalões. Além da prova rainha da Milha das Cantarinhas, em que correram atletas de renome nacional e internacional, as atenções recaiam, quase sempre, em duas outras categorias: a milha popular, que reunia amadores e profissionais com o principal objetivo de se divertir e conviver; e a milha escolar, com a participação de centenas de crianças e jovens.

A história da Milha das Cantarinhas ficou, também, marcada pela sua inserção no Circuito Nacional de Milhas da Federação Portuguesa de Atletismo, em 2003, o que comprova a dimensão que a prova brigantina conseguiu alcançar.

16 anos de sucessos, num modelo vencedor, que via a afluência de atletas e espectadores ser cada vez maior. A vontade de assistir ao espetáculo do atletismo era tanta, por parte dos brigantinos e dos visitantes, que a organização considerou ser necessário a prova aumentar a sua oferta. Assim, a competição foi proposta, pela primeira vez, ao Orçamento Participativo do Município de Bragança, em 2016, no qual foi vencedor. Um impulso que profissionalizou um pouco mais o evento e trouxe para a prova novas distâncias (10km e 5km). Esta foi a evolução natural que deu origem à Corrida das Cantarinhas. Um marco na história do atletismo em Bragança, que trouxe mais competição para atletas e mais espetáculo para espectadores. O sucesso foi tal que, em 2019, antes da pandemia, a organização anunciou um salto há muito pronunciado – a prova viria a acolher, no ano seguinte, uma das mais míticas provas de resistência da história do atletismo mundial – a Meia Maratona. Apesar de não se ter realizado nesse ano, a ideia de organizar, pela primeira vez em Bragança, os afamados 21km não caiu.

Assim, a 8 de maio de 2022, a mítica prova traça um novo capítulo da sua história, ao tornar-se na 1.ª Meia Maratona das Cantarinhas de Bragança.

Publicidade

Este website usa cookies que permitem melhorar a sua experiência na internet. Pode aceitar ou recusar a utilização desta tecnologia Aceito Política de Privacidade