Informativo Digital de Trás-os-Montes e Alto Douro

Paulo Santos apresenta novo livro em Chaves

"No farol de meus dias" é um livro que fala do interior, do abandono das gentes, mas com uma ampla mensagem de esperança.

1.329

Publicidade

Paulo Santos, autor transmontano, acaba de editar o seu 5º livro. Intitulado “No farol de meus dias”, a obra surge-nos com a chancela da editora Cordel de Prata, tratando-se de uma espécie de diário, integralmente escrito nos anos da pandemia.

Segundo o autor, “é um livro que fala do interior, do abandono das gentes, mas com uma ampla mensagem de esperança“. O lançamento vai ocorrer no próximo dia 6 de maio de 2023, pelas 21.00h no auditório Luiz Coutinho em Chaves.

Paulo Jorge L. Santos (1972) é natural de Vidago. Casado, pai de dois filhos desempenha profissionalmente funções de gestor de projetos num Atelier de Arquitetura. Estudou na Escola Primária de Vidago e completou o 9.º ano no Ciclo de Vidago. Na Escola Secundária Dr. Júlio Martins em Chaves concluiu os estudos secundários. É associado da ALTM – Academia de Letras de Trás-os-Montes. Associado da Via XVII – Grupo de Artes e Letras e é deputado na Assembleia Municipal de Chaves.

Publicou duas obras poéticas: Seara Mondada (2016, ed. Chiado Editora) e Seara Dourada (2018, ed. Chiado Books) que se podem consultar na base de dados da Biblioteca Nacional de Portugal.

Em prosa , editou em Março de 2023 o livro/diário “No farol de meus dias” pela editora “Cordel de Prata”
Em coautoria editou ,em prosa, a obra: A Justa – 1.º Centenário da morte de Eugénia Campilho Montalvão (2020, ed. Lisbon Internacional press) e Bonifácio da Silva Alves Teixeira – O benemérito de Vidago (2021, ed. Lisbon Internacional press).

thumbnail_capa simplesConcluiu o terceiro livro de poesia “Seara despida” , que findará a “trilogia das Searas” e será editado em 2024.
A convite do coordenador do projeto , a sua poesia integrou a Antologia de Poesia Portuguesa Contemporânea Entre o sono e o sonho volume X ( 2018 , ed. Chiado Books) , volume XI (2019, ed. Chiado Books) volume XII (2020, ed. Chiado Books) ,volume XIII (2021, ed. Chiado books) e volume XIV (2022, ed. Chiado books)

Viu editado, em várias publicações, a sua obra em prosa e poesia, das quais destaca:
Em poesia: Liberdade-Antologia da Poesia Livre – Vol. I (2019, ed. Chiado Books ) e volume II (2021, ed. Chiado Books ); Tributo – Homenagem a autores marcantes da literatura universal – Vol. 1 (2019, ed. Chiado Books) ; Quarentena – memórias de um país confinado (2020, ed. Chiado Books)

Em prosa: Natal em Palavras – Coletânea de Contos de Natal ( 2018 e 2019 , ed. Chiado Books ) ; SMS – Coletânea de Micro narrativas Ficcionais – Volume I (2019, Ed. Chiado Books ); Três quartos de um amor – Coletânea de cartas de amor –Volume III – (2020, ed. Chiado Books); Vozes Transmontanas- Coletânea 2020 da ALTM – Academia de Letras de Trás-os-Montes (2020, Edição ALTM – Academia de Letras de Trás-os-Montes)

Escreve quinzenalmente a crónica “As palavras tangíveis” no Jornal digital “Diário de Chaves”.

Escreveu o prefácio da obra Bonifácio da Silva Alves Teixeira – O benemérito de Vidago (2021, ed. Lisbon Internacional press). Escreveu o Posfácio da obra “Retrato intemporal” de José Maria Roque Lino (2017 ed. Moura Pinto). Escreveu o posfácio para um livro de tributo á associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vidago , com edição prevista para Maio de 2023 o poema as sua autoria “Beijo” integrou o tema “Timeless” do album “Melodic anthology” ( 2020) do músico Hélder Almeida.

Esteve presente no stand do Chiado Grupo Editorial nas feiras do Livro: Lisboa (2016 , 2018 ,2020 , 2021 e 2022 ) Porto (2016 ,2018, 2020 , 2021 e 2022). Foi Autor convidado na FLIC IV – Festa da Literatura de Chaves no ano de 2019 , FLIC V – Festa da Literatura de Chaves no ano de 2021 e FLIC VI – Festa da Literatura de Chaves no ano de 2022.

Publicidade